Cirurgia Robótica

Cirurgia Robótica

A cirurgia robótica ou cirurgia robô-assistida é um procedimento no qual o cirurgião executa os procedimentos cirúrgicos controlando os braços do dispositivo robótico que estão conectados ao paciente.

O sistema robótico dispõe de três componentes interligados: console, o robô propriamente dito e a torre de imagem.

A história da cirurgia robótica remonta a meados da década de 1980, quando por meio do robô PUMA 560, realizou-se uma biópsia cerebral por agulha guiada pelo dispositivo robótico.

O impulso no desenvolvimento da cirurgia robótica deu-se com o objetivo militar ainda durante a década de 1980. 

Concebido com o auxílio do exército americano visando uso militar, pensava-se em empregar a tecnologia para o tratamento a distância de feridos em períodos de guerra. 

A limitação na velocidade de transmissão de dados na época e a necessidade de dispor de alguém capacitado para instalar o robô em pleno campo de guerra foram as limitações para o projeto.

Licenciado pelo FDA americano, o robô DaVinci, patenteado pela empresa Intuitive Surgical, começou a ser utilizado no início do ano 2000. Neste período, o grande marco foi a realização de uma colecistectomia em um paciente em Estrasburgo (França), estando seu cirurgião em Nova York (EUA).

Desde o início dos anos 2000, o DaVinci já passou por várias atualizações e melhorias (Versões S, Si, X e Xi), sendo a versão Xi a mais moderna.

Gradualmente a patente da Intuitive Surgical sobre o sistema cirúrgico robótico vem caindo, abrindo espaço para que outras empresas lancem seus robôs no mercado, o que poderá ampliar a oferta e reduzir o custo dos procedimentos, possibilitando oferecer a tecnologia a mais pacientes.

Cirurgia robótica no Brasil

A cirurgia robótica, no Brasil, iniciou-se em 2008, ganhando espaço de forma gradual. 

Inicialmente limitados a São Paulo, as cirurgias com robôs têm gradualmente aumentado em volume em vários estados brasileiros, encontrando suas principais indicações na Urologia, Ginecologia, Cirurgia Torácica, Cirurgia Geral, Cirurgia do Aparelho Digestivo e Cirurgia Bariátrica.

Até fevereiro de 2020, os robôs já estavam presentes em mais de 40 hospitais da rede privada, em sua grande maioria. O serviço público também já utilize os benefícios dessa tecnologia, mesmo que em passos ainda lentos. 

Desde a implantação desta tecnologia cirúrgica no Brasil,  milhares de procedimentos cirúrgicos robóticos foram realizados. Todas eles com o mínimo de invasão possível e recuperação muito mais rápida e com menos dores. 

Como funciona a cirurgia?

Ao contrário do que muitos pensam, o robô não faz nada sozinho.  Todos os seus movimentos e ações são controlados pelo cirurgião no console.  Ele comandará a cirurgia robótica por meio desse recurso, muito similar os joystick de vídeo games. Sendo assim, o sistema irá reproduzir os comandos enviados pelo cirurgião. 

O grande triunfo da cirurgia robótica são as posições que os braços robóticos podem alcançar. Locais e sítios anatômicos que seriam de difícil acesso para o ser humano, seja nas cirurgias abertas, seja nas cirurgias videolaparoscópicas clássicas, são de fácil acesso e manipulação com a tecnologia robótica.

Além disso, podem realizar movimentos que são impossíveis para o punho humano e para as pinças laparoscópicas convencionais.

Na cirurgia robótica, como são utilizados os braços multiarticulados do robô (sob controle do cirurgião), são reduzidos os tremores naturais do ser humano, tendo assim, maior precisão no procedimento.

Tipos de procedimentos realizados com a cirurgia robótica

Vários tipos de procedimentos podem ser feitos usando a plataforma robótica. 

O objetivo é proporcionar que procedimentos de alta complexidade  possam ser realizados de forma minimamente invasiva, com mínimo trauma tecidual, menor risco de sangramento, máxima precisão de movimentos cirúrgicos, reduzindo a incidência de complicações pós-operatórias e otimizando a recuperação dos pacientes.

Os principais procedimentos são: 

  • Cirurgias bariátricas e metabólicas;
  • Cirurgias bariátricas revisionais;
  • Cirurgias do aparelho digestivo : Acalásia (megaesôfago), Hérnias de hiato, cirurgias pancreáticas, cirurgias sobre as vias biliares, etc;
  • Cirurgias das neoplasias do aparelho digestivo: câncer de esôfago, câncer gástrico, câncer de pâncreas, câncer de cólon, câncer de fígado, etc.
  • Correção de grandes hérnias da parede abdominal: hérnias incisionais, hérnias inguinais, hérnias ventrais, hérnias lombares, etc.
  • Cirurgias ginecológicas: endometriose, neoplasias ginecológicas.
  • Cirurgias urológicas: câncer de próstata, câncer de bexiga, câncer renal, etc.;
  • Cirurgias torácicas.
  • Cirurgias de cabeça e pescoço.

Vantagens

Dentre as principais vantagens da cirurgia robótica, podemos citar:

  • A câmera permite magnificação das imagens e visão em três dimensões para o cirurgião, garantindo maior percepção de detalhes anatômicos e maior precisão na dissecção;
  • Maior precisão, uma vez que os braços robóticos multiarticulados captam com exatidão os movimentos dos punhos e mãos do cirurgião, reduzindo pequenos tremores e movimentos e escalonados e fragmentados;
  • Menor sangramento intra-operatório;
  • Menor trauma tecidual;
  • Menor dor e necessidade de uso de analgésicos;
  • Redução das incisões;
  • Redução do tempo de hospitalização;
  • Melhor ergonomia para o cirurgião, principalmente em longos procedimentos;
  • Retorno mais precoce à vida cotidiana.

Cirurgia robótica em BH

Em Belo Horizonte (MG), já dispomos de diversas plataformas robóticas instaladas nos principais hospitais da cidade. 

A cirurgia robótica é uma das especialidades do Dr. Rodrigo Fabiano Guedes Leite, o qual realizou sua formação no Nicholson Center / Florida Hospital (EUA), sendo certificado pela Intuitive Surgical.

Dentre os procedimentos realizados pelo Dr Rodrigo utilizando a tecnologia robótica, podemos citar: cirurgias bariátricas, cirurgias metabólicas, cirurgias bariátricas revisionais, cirurgias de acalásia, cirurgias oncológicas do aparelho digestivo, cirurgias de hérnias abdominais, cirurgias de baço, etc.

O Dr. Rodrigo é especialista em cirurgia geral, bariátrica e metabólica. Além disso, é o gestor da clínica Neobaros. Aqui, temos uma equipe multidisciplinar com profissionais capacitados e preparados para oferecer o melhor atendimento