Cirurgia das Vias Biliares e Pâncreas

O que são Vias Biliares?

As Vias Biliares são componentes canaliculares importantes do organismo, que conectam elementos fundamentais da digestão, como o fígado, o pâncreas, a vesícula e o duodeno. Elas conduzem a bile desde o fígado até o duodeno.

Doenças mais comuns da Vesícula, Vias Biliares e Pâncreas

A Colelitíase, ou pedra da vesícula biliar, ocorre quando a bile (produzida na vesícula) fica hiper saturada, aumentando as chances de desenvolver cristais, pequenas “pedrinhas”. A maioria das pessoas que tem a afecção são assintomáticas, identificando as pedras em exames radiológicos de rotina ou para outro motivo.

O emagrecimento muito rápido, induzido ou não após alguns tipos de cirurgia bariátrica também pode aumentar a incidência de cálculos na vesícula biliar.

Além da Colelitíase (cálculos biliares), existem muitas doenças que podem acometer a Vesícula, Vias Biliares e pâncreas:

  • Colecistite Aguda ou Crônica, que é a inflamação da vesícula biliar causada pela presença dos cálculos biliares;
  • Pancreatite aguda, cuja principal etiologia é a obstrução ao canal pancreático por um cálculo biliar;
  • Pancreatite crônica, que pode ser decorrente do etilismo crônico;
  • Cistos ou pseudocistos pancreáticos;
  • Tumores pancreáticos;
  • Colangite aguda, que resulta da obstrução do canal biliar principal por cálculo biliar;
  • Tumores Biliares;
  • Cistos do Trato Biliar, entre outras.

Tratamento cirúrgico no Pâncreas

A colecistectomia laparoscópica é o procedimento “padrão ouro” para o tratamento das afecções inflamatórias da vesícula biliar e da colelitíase.

Na vigência de doença tumoral da vesícula biliar, existe contra-indicação a via laparoscópica, sendo indicada a via aberta (convencional).

Atualmente, todos os procedimentos cirúrgicos sobre o pâncreas e as vias biliares podem ser realizados de forma minimamente invasiva (laparoscópica).