.

Desvendamos os 7 Grandes Mitos Sobre a Cirurgia Bariátrica!

Desvendamos os 7 Grandes Mitos Sobre a Cirurgia Bariátrica! BH

A cirurgia bariátrica é um procedimento que pode transformar completamente a sua vida, e até combater problemas sérios, graças à perda significativa de peso que devolve o bem estar, o gosto de viver e promove diversas melhorias à sua saúde.

Felizmente, a evolução da Ciência e Medicina trouxe opções de cirurgias inovadoras voltadas para a perda de peso, desenvolvidas após estudos de muitas décadas, e amparadas por tecnologia de ponta e equipamentos de última geração, conforme abaixo:

  • Gastroplastia Vertical com Bypass Gástrico em Y de Roux por Videolaparoscopia;
  • Gastroplastia Sleeve por Videolaparoscopia;
  • Derivação Biliopancreática por Videolaparoscopia;
  • Banda Gástrica Ajustável por Videolaparoscopia.

Como você pode ver, os médicos se especializam cada vez mais, tornando-se verdadeiros peritos e referência no assunto. Os hospitais, por sua vez, estão cada vez mais amparados com aparelhos, exames e normas que priorizam a saúde do paciente nos procedimentos.

O mundo também anda cada vez mais preocupado e consciente da importância de combater a obesidade e os males provocados pela mesma com métodos realmente eficazes.

Então, por que ainda existem algumas crenças populares que não saem da boca do povo? Neste artigo, vamos desvendar os 7 Principais Mitos sobre a Cirurgia Bariátrica. Não perca!

Cirurgia Bariátrica: descubra os 7 maiores mitos!

A procura pela cirurgia bariátrica aumentou muito nos últimos anos à medida que mais gente se compromete em lutar contra a obesidade e otimizar a própria saúde. Mas ainda há uma pequena parcela da população que não está disposta a considerar o tratamento por várias razões.

Entre elas, estão alguns equívocos que você deve se informar, tais como:

  1. Com o tempo, você recupera grande parte ou todo o peso perdido com a cirurgia = MITO.

cirurgia bariátrica mitos e verdades

VERDADE → Embora alguns pacientes possam engordar algum tempo após o procedimento, isso não é uma regra. Segundo a Sociedade Americana de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (ASMBS), até 50% dos pacientes submetidos à cirurgia bariátrica podem recuperar cerca de 5% do peso perdido. Isso ocorre porque a maioria deles muda completamente a rotina ao incorporar novos hábitos de vida e alimentação equilibrada.

  1. A cirurgia bariátrica impede que você engorde para resto da vida = MITO.

Pode reparar que este mito, por sua vez, contraria o primeiro. Descubra a verdade:

VERDADE → A cirurgia para emagrecer não é uma bala mágica. Para obter os benefícios completos do tratamento, é essencial que você adote uma mudança no estilo de vida e na dieta para controlar um peso saudável. É provável que seu cirurgião recomende um nutricionista para auxiliá-la durante

as adaptações. Entretanto, para tornar o tratamento bem sucedido, a maior responsabilidade em conservar o peso conquistado é sua. A boa notícia é que a grande maioria dos operados faz exatamente isso. 😉

  1. O convênio não cobre a cirurgia para perda de peso = MITO.

VERDADE → Embora a cobertura do convênio seja variada de acordo com a localidade, a ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) incluiu a gastroplastia (aberta ou por videolaparoscopia) no rol de cobertura básico dos planos de saúde, bem como a retirada do excesso de pele, também garantida pela agência. Assim, a totalidade dos planos de saúde oferecem cobertura integral dos procedimentos bariátricos, desde que o paciente preencha os critérios de indicação.

Entretanto, é necessário comprovar a indicação cirúrgica, bem como documentar consultas, exames e problemas de saúde relacionados à obesidade. Na dúvida, converse com seu médico e verifique o tipo de cirurgia mais indicado conforme a sua necessidade, além dos requisitos previstos pela ANS.

  1. Você não poderá ter filhos após a cirurgia = MITO.

quem fez cirurgia bariátrica pode engravidar?

VERDADE → Não é aconselhável engravidar imediatamente após a intervenção cirúrgica por vários motivos, mas isso não significa que você não poderá ter filhos! Por segurança, os médicos recomendam aguardar dois anos antes de engravidar, até porque, seu corpo precisa se recuperar e se adaptar às mudanças primeiro, já que passará por alterações hormonais e pode apresentar desequilíbrios nutricionais no início. A gestação estará liberada após alterações nutricionais estiverem corrigidas e o peso estiver estabilizado.

É fundamental que toda paciente bariátrica em idade fértil tenha uma consulta com seu ginecologista afim de definir um método contraceptivo eficaz. Deve-se lembrar que a medida que o peso é eliminado, a fertilidade aumenta.

  1. O alcoolismo é um efeito colateral da cirurgia bariátrica = MITO.

VERDADE → Após a cirurgia bariátrica, algumas pessoas ficam mais sensíveis aos efeitos do álcool (em parte devido ao emagrecimento rápido), o que significa que a resistência na ingestão de bebida alcoólica é alterada após o procedimento. Contudo, isso não quer dizer de forma alguma que os pacientes submetidos à bariátrica se tornam alcoólatras! De acordo com a ASMBS, uma “pequena porcentagem” de pacientes submetidos à cirurgia bariátrica apresenta problemas com o álcool os quais, na maioria dos casos, já enfrentavam antes de operar.

  1. A bariátrica é apenas uma desculpa para pessoas gulosas e preguiçosas = MITO.

VERDADE → ao contrário do que muita gente pensa, dieta e exercício físico não são as soluções mais indicadas para todo mundo que precisa emagrecer! Acontece que, dependendo do grau de obesidade, histórico e distúrbios de saúde, o indivíduo não consegue emagrecer e manter um peso saudável em longo prazo sem a ajuda da cirurgia. Isso não quer dizer que dieta e atividade física não beneficiam pessoas obesas, ou que não o ajudam a emagrecer. Entretanto, em muitos casos, a operação causa um impacto saudável essencial para a mudança de vida e, por isso, pode ser a melhor opção. Tomar a decisão de submeter-se a um procedimento cirúrgico, enfrentando seus riscos, precisa de determinação e força de vontade.

  1. Os riscos da cirurgia são maiores que os riscos da obesidade = MITO.

VERDADE → o mito acima é totalmente falso. A verdade é que a obesidade é uma doença ligada a uma série de condições graves, incluindo doenças cardíacas, derrame, diabetes, pressão alta, apneia do sono,  câncer e outras. Inúmeras pesquisas científicas comprovam a presença da obesidade no ranking das principais causas de morte em nível mundial. Já a gastroplastia, por outro lado, é um procedimento incrivelmente seguro apontado em estudos como o responsável por reduzir a taxa de mortalidade em até 89% em comparação com pessoas acometidas pela obesidade mórbida, por exemplo.

Para elucidar esses e outros mitos e ideias incorretas, o ideal é agendar uma consulta médica, pois somente o especialista é capaz de avaliar cada caso, solicitar exames específicos e, obviamente, orientar quanto às medidas mais adequadas às suas necessidades.

Por falar em medidas, infelizmente elas não serão reduzidas sozinhas! Procure um médico competente, se informe e invista em você para ganhar a qualidade de vida que você merece!

Saiba mais sobre os Tipos de Cirurgia Bariátrica

Contato:

(31) 99562-8411 | contato@bariatricaemetabolicabh.com.br | Fale com o Dr. Rodrigo

Conteúdos Relacionados