.

Cirurgia do Esôfago

Cirurgia do Esôfago BH

Conheça a Cirurgia do Esôfago

No artigo de hoje, você irá descobrir alguns detalhes interessantes sobre a cirurgia do esôfago: o que é, quais são os benefícios oferecidos, para quem ela é indicada, entre outros.

O que é Esôfago?

O esôfago é um conduto musculomembranoso que faz parte do sistema digestivo. Fica localizado dentro do tórax humano, mais precisamente entre a coluna vertebral e a traqueia. Muito importante para o processo de digestão, o esôfago faz a ligação entre outras duas partes desse sistema: a faringe (garganta) e o estômago. Ele é constituído por mucosa, submucosa, muscularis e adventícia. Tem como finalidade realizar o transporte de alimentos da etapa anterior da digestão para a próxima. Ou seja, através de seus movimentos musculares, ele empurra a comida que chega da mastigação para o estômago.

Doenças do Esôfago

O esôfago pode ser acometido por diversos problemas, como doenças e irritações, causando incômodo ao paciente ou, até mesmo, privando-o de realizar a digestão de forma normal. Conheça alguns dos problemas mais frequentes que ocorrem nessa região e quais os tratamentos indicados.

Acalasia

A acalasia é um distúrbio esofágico neurogênico de origem desconhecida (possivelmente de surgimento devido à hereditariedade) em que o esôfago para de realizar o movimento de contração que transporta o alimento da traqueia até o estômago. Isso ocasiona dificuldade na digestão, podendo evoluir até mesmo para um caso mais grave de dilatação do esôfago.

O tratamento da acalasia em estágios mais brandos pode ser realizado com base em uma alimentação mais leve, e também com a utilização de alguns medicamentos indicados pelo seu médico. Já os casos mais sérios devem ser tratados através de cirurgia.

As opções de cirurgia do esôfago para esse caso são:

  • Bloqueio neuromuscular da cárdia com toxina botulínica
  • Dilatação esofágica com balão

Refluxo gastroesofágico

O refluxo gastroesofágico é um problema que surge na região do esôfago devido à superacidez que pode acometer sua mucosa. O sulco gástrico existente no estômago que ajuda no processo de digestão sobe para o esôfago, causando sensações como queimação, azia e, até mesmo, causando lesões graves nos casos mais evoluídos. Isso pode provocar o desgaste da válvula que separa o esôfago do estômago, fazendo com que ele não cumpra mais plenamente a sua função.

O tratamento para refluxo gastroesofágico, nos casos iniciais, deve ser feito com mudanças nos hábitos alimentares e na rotina do paciente. Pode também envolver o uso de alguns medicamentos previamente indicados por especialista, como: antiácidos, inibidores da produção de ácido, aceleradores do esvaziamento gástrico, protetores gástricos ou remédios caseiros como:

  • Água com limão
  • Chá de gengibre
  • Chá de camomila
  • Vinagre de maçã
  • Suco de babosa

Para os casos mais sérios da doença, deve-se avaliar a necessidade de se passar por uma cirurgia do esôfago específica para o refluxo gastroesofágico.

Câncer de esôfago

O câncer de esôfago é uma doença que pode surgir por vários motivos, como o tabagismo, o alcoolismo, entre outros. Ele acomete o tecido e a estrutura dessa região, causando muito incômodo e gerando uma série de problemas no processo de digestão do paciente.

Para o tratamento desse tipo de câncer, dependendo do seu estágio de evolução, são recomendadas terapias como a cirurgia do esôfago, além de tratamento endoscópico e radioterapia.

Dica importante

Somente um profissional competente no assunto poderá indicar o melhor tratamento para os problemas na região esofágica. As informações acima são apenas para conhecimento geral sobre o assunto, e qualquer dúvida mais específica sobre uma situação em particular deve ser tirada em uma conversa com o especialista.

Saiba mais sobre a Cirurgia do Esôfago

Contato:
(31) 99562-8411
contato@bariatricaemetabolicabh.com.br
Formulário de Contato

Conteúdos Relacionados