.

Como a Obesidade Afeta a Gravidez e Como a Cirurgia Bariátrica Pode Ajudar

Como a Obesidade Afeta a Gravidez e Como a Cirurgia Bariátrica Pode Ajudar BH

A gravidez é um período muito sensível para a mulher. Além de passar por grandes mudanças no corpo (em termos hormonais, estéticos, metabólicos, emocionais, entre muitos outros), esse período reconfigura totalmente os hábitos da mãe, quase que a forçando a passar por uma “adaptação compulsória” a essa maravilhosa fase da vida.

Por essas razões, o período da gravidez exige da mulher uma atenção intensificada com relação ao seu corpo e às rotinas que a ele competem. Isso diz respeito à alimentação, atividade física, ritmo de trabalho entre muitos outros fatores.

Para a mulher em condição de obesidade esse cuidado deve ser intensificado. Como o corpo passa por muitas mudanças hormonais nesse período, é fundamental que a futura mãe se prepare de uma maneira adequada para esse período pelo qual passará.

A obesidade tende a aumentar as chances da hipertensão natural que ocorre durante a gravidez – e esse é só um dos problemas que podem vir a prejudicar muito a formação do bebê e a saúde da mãe. Além disso, surge a tendência à diabete gestacional, que é quando o corpo não consegue processar adequadamente todo o açúcar que consome.

Por essas e outras razões é importante que a mulher que sofre de obesidade e pretende engravidar faça uma ampla manutenção do corpo antes de entrar no processo da gestação. Após avaliação e indicação do ginecologista assistente, diante dos riscos impostos a futura gestante e ao bebê pela obesidade, pode-se cogitar a cirurgia bariátrica. A perda de peso induzida pela cirurgia leva a redução do risco de doença hipertensiva da gravidez, diabetes gestacional, complicações obstétricas em geral. Também observa-se aumento da fertilidade. Entretanto, o corpo precisa de um tempo para a recuperação entre a cirurgia e a gravidez, sendo necessária a correção de eventuais alterações nutricionais pós-operatórias. Recomenda-se o intervalo de pelo menos dois anos entre a cirurgia bariátrica e a gestação.

A cirurgia bariátrica é indicada para mulheres obesas que pretendem engravidar por alguns fatores. Por exemplo, com o corpo mais magro, os níveis hormonais normalizam, o que reflete em um aumento da fertilidade. Dessa forma, com as taxas metabólicas corporais controladas, há uma maior garantia de que a gestação será tranquila e segura.

Tome muito cuidado com a forma como todo esse processo irá se desenrolar. É fundamental que todas as etapas sejam acompanhadas de perto por profissionais capacitados, para que assim você possa passar por todos esses processos sem o menor incômodo!