Cirurgia bariátrica em adolecentes

Numerosos trabalhos científicos tem demonstrado as vantagens do tratamento cirúrgico da obesidade não apenas nos adultos, como também nos adolescentes.

Pomp at al. demonstrou que a obesidade em adolescentes estaria independentemente associada com o aumento do risco de comorbidades graves pré-operatórias  nos adultos que submetem-se a cirurgia bariátrica.  (The effect of obesity in adolescence on adult health status. Pediatrics. 2013 Dec; 132(6):1098-104).

Zwitschre at al. comprovou que a cirurgia bariátrica pode ser considerada com opção terapêutica para o tratamento da obesidade mórbida entre os adolescentes. O procedimento pode ser realizado com segurança, conforme evidenciado pelas suas baixas taxas de complicações. (The increasing incidence of adolescent bariatric surgery. J Pediatr Surg. 2013 Dec; 48(12):2401-7).

Estudo de Oberbach at al. concluiu que adolescentes obesos apresentam melhora considerável de suas comorbidades metabólicas após submeterem-se ao tratamento cirúrgico da obesidade. (Bariatric surgery in severely obesa adolescente improves major comorbidities including hiperuricemia. Metabolism. 2014 Feb;63(2):242-9).

Cozacov at al. avaliaram 18 pacientes com idade media de 17,5 anos tratados cirurgicamente entre 2002 e 2011. O seguimento pós-operatório mostrou que ambas as técnicas, “bypass gástrico em Y de Roux” e gastroplastia “sleeve”, são seguras e eficazes no tratamento de adolescentes obesos. (Mid-term Results of Laparoscopic Sleeve Gastrectomy and Roux-en-Y Gastric Bypass in Adolescent Pacients. Obes Surg. 2014 Jan 5).

Com base nestes e em vários outros trabalhos, conclui-se que a cirurgia bariátrica deve ser considerada como uma opção  segura e eficaz no arsenal terapêutico para o tratamento da obesidade em adolescentes. Ressalta-se que a obesidade, independente da idade do paciente, afeta não apenas a saúde física, mas também a mental e social. Neste ultimo caso, a reclusão social deste grupo de pacientes (adolescentes) pode ter repercussões negativas na vida adulta. O próprio Ministério da Saúde do Brasil reconhece esta condição, tendo reduzido a idade mínima para submeter-se ao procedimento bariátrico para 16 anos.


Confira nossa galeria de vídeos