Cirurgia do Refluxo Gastroesofágico

Cirurgia do Refluxo Gastroesofágico BH

Conheça a Cirurgia do Refluxo Gastroesofágico

Neste artigo, você irá entender o que é cirurgia do refluxo gastroesofágico, quem pode fazer, quais são suas indicações e os preparos necessários, além de conferir outras informações importantes sobre o assunto.

Muitas pessoas sofrem de refluxo gástrico, principalmente devido à ingestão de certos alimentos que acabam gerando problemas no estômago e no esôfago. Existem alguns tratamentos mais simples para os estágios iniciais do problema, como a adoção de hábitos alimentares saudáveis associados a algum tipo de medicamento apropriado. Porém, para os casos mais avançados, às vezes, são necessários métodos cirúrgicos como a cirurgia do refluxo gastroesofágico.

O que é Cirurgia do Refluxo Gastroesofágico?

“A cirurgia do refluxo gastroesofágico é um procedimento médico realizado para eliminar o refluxo gástrico. É indicada para situações em que os medicamentos e os cuidados alimentares já não funcionam mais, surgindo, assim alguns sintomas mais graves, como as úlceras, por exemplo. Ela é feita através de um procedimento chamado cirurgia laparoscópica, que consiste na realização de pequenos cortes na região entre o estômago e o esôfago após a aplicação da anestesia geral. A partir deste procedimento, o médico faz a correção do refluxo com uma câmera colocada no abdômen, e sua recuperação leva cerca de 2 meses.”

Quem precisa fazer a Cirurgia do Refluxo Gastroesofágico?

Quando os medicamentos e a alimentação já não trazem os resultados esperados, a cirurgia do refluxo gastroesofágico é necessária para evitar problemas mais graves. Mas, além disto, é importante levar em conta o tempo que o paciente apresenta o refluxo, a intensidade e a frequência dos sintomas. Estas informações devem ser avaliadas por um profissional qualificado.

Se você está tendo algum sintoma de refluxo, marque uma consulta com seu médico e converse sobre suas opções com ele. É muito importante prevenir cedo um problema que agora ainda pode ser pequeno.

Preparo para a Cirurgia do Refluxo Gastroesofágico

Alguns preparos são necessários antes da cirurgia. O primeiro e mais comum nestes casos é o jejum de 12 horas para alimentos sólidos e de oito horas para alimentos líquidos. Além disto, é preciso parar com a ingestão de medicações para não haver nenhum efeito colateral.

Pós-operatório

O paciente pode ir para casa no mesmo dia, mas a recuperação total costuma levar cerca de dois meses. Nas primeiras semanas, será necessário se alimentar apenas com líquidos, o que pode ocasionar leve perda de peso do paciente. A recuperação não causa muita dor e oferece poucos riscos de infecção.

É interessante tomar alguns cuidados como:

  • Não dirigir por, pelo menos, dez dias.
  • Evitar contato íntimo nas duas primeiras semanas.
  • Não levantar peso e não realizar exercícios físicos por um mês ou até o médico liberar.

De qualquer forma, sempre que possível, faça pequenas caminhadas em casa ao longo do dia, evitando ficar sentado ou deitado por muito tempo. Além destes cuidados, você também vai precisar tomar alguns medicamentos indicados pelo seu médico, durante algum tempo para auxiliar na recuperação.

Cronograma da alimentação

Como já citamos, na primeira semana após a cirurgia do refluxo gastroesofágico, você vai precisar tomar somente líquidos. A partir da segunda semana, você já pode passar para a dieta pastosa com ingestão de alimentos bem cozidos, como purê, carne moída, peixes, etc. Depois disto, você pode iniciar, aos poucos, uma alimentação normal.

É importante evitar alimentos que possuam gás, como refrigerantes, ou que produzam gás no intestino, como feijão, repolho, ovo, etc. Além disto, lembre-se sempre de comer e beber devagar.

Contraindicações

A cirurgia do refluxo gastroesofágico não possui contraindicações. Ela não pode ser realizada apenas em pacientes que tem algum problema com a aplicação de anestesia geral.

Riscos

Não existem muitas complicações na cirurgia para refluxo, mas, mesmo raras, elas podem acontecer: sangramento, infecção no local do corte e complicações com a anestesia são algumas delas. Durante o processo, se surgir alguma destas complicações, o médico poderá optar pela cirurgia convencional, ou seja, com um corte maior no abdômen.

Sintomas de alerta após a cirurgia

Alguns sintomas podem indicar que você está tendo problemas. Por isto, fique atento se ocorrer febre acima de 38 graus, dor intensa, vermelhidão, sangue ou pus nas feridas, náuseas, vômitos, cansaço, falta de ar, dor abdominal e inchaço frequente.

Perguntas ao médico

Não deixe de perguntar tudo ao seu médico antes da cirurgia. Esclareça todas as dúvidas, para que você esteja seguro e tranquilo quanto à realização da sua cirurgia do refluxo gastroesofágico.

Agora você já conhece mais sobre este procedimento, ficou mais fácil melhorar a sua qualidade de vida e acabar de vez com o refluxo gástrico.

Saiba mais sobre a Cirurgia do Refluxo Gastroesofágico

Fale agora com a equipe do Dr. Rodrigo Fabiano Guedes Leite. Ele é um dos mais conceituados especialistas em cirurgia laparoscópica de BH.

Contato:

(31) 99562-8411 | contato@bariatricaemetabolicabh.com.br | Fale com o Dr. Rodrigo

Conteúdos Relacionados